JUAZEIRO / BA - POLÍCIA CIVIL ELUCIDA HOMICÍDIO QUE VITIMOU A PROFESSORA ÉLIDA, APÓS AÇÃO CONJUNTA COM A PM.

Em boletim oficial divulgado pela Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios, confirmou que o crime que vitimou a professora Élida Márcia, no dia 20 do mês passado, em Juazeiro, foi elucidado e as prisões preventivas contra dois dos acusados já foram cumpridas.

Confira a nota da delegacia de Homicídios:  

"HISTÓRICO: No dia 20/02/2019, quando saía de sua residência para o trabalho juntamente com seu companheiro e sua filha de 02 anos de idade, a professora ÉLIDA MÁRCIA DE OLIVEIRA NASCIMENTO SOUZA foi surpreendida por dois indivíduos que desferiram contra ela cerca de 05 disparos de arma de fogo, ceifando sua vida. De posse da informação, a Polícia Civil deu início às investigações, obtendo informações naquele mesmo dia que a professora vitimada era parte de um triângulo amoroso que tinha nas outras vértices o seu companheiro LÁZARO CESAR PINHEIRO SANTANA e a ex-namorada deste, EDVÂNIA PEREIRA DE MORAIS.

Esta não se conformava com o término de seu relacionamento com LÁZARO e tinha comportamento agressivo, chegando a desligar a energia da casa do ex-namorado e ameaçar a vítima de morte, como indicam testemunhas. Obtivemos que EDVANIA e seu pai poderiam ser os mandantes do bárbaro crime. Equipes da Delegacia de Homicídios e Coordenadoria Regional diligenciaram e obtiveram acesso às filmagens de câmeras dispostas pelas ruas que serviram como rota e por onde passaram os criminosos, onde se podia ver a placa da motocicleta. Após melhorada a imagem conseguida, foram obtidos os caracteres: PIS 6902, placa então divulgada para as Polícias locais com o objetivo de otimizar sua localização. Por meio da placa, a DH passou a investigar os nomes a ela relacionados, sendo eles os executores do crime encomendado.

Nesta data, em abordagem de rotina da Polícia Militar, sendo a equipe PETO DA 75ª CIPM, foi localizada a citada motocicleta de posse de RAILTON LIMA DA SILVA e ELTON GOMES DE SOUZA, num bar do Ceasa de Juazeiro, tendo a diligente guarnição apresentado os indivíduos e veículo no plantão de Juazeiro. Quando entrevistados, ELTON reconheceu RAILTON pelas imagens das câmeras apresentadas. Por sua vez, o conduzido RAILTON LIMA DA SILVA confirmou ter guiado a motocicleta apreendida para a pessoa de MAICON NEVES DOS SANTOS no dia 20/02/2019, quando pararam em frente à casa da professora ÉLIDA MÁRCIA e então MAICON desceu da moto, abriu a porta do carro onde estava a vítima e efetuou os disparos fatais contra esta.

RAILTON confirmou ainda a versão já perseguida pela Delegacia de Homicídios, indicando como mandante do crime e o reconhecendo por foto e presencialmente EDIVAN CONSTANTINO DE MORAIS, genitor de EDVÂNIA PEREIRA DE MORAIS, que via a vítima como um obstáculo de ter para si o companheiro de ÉLIDA, LÁZARO CESAR. O pai de EDVANIA e mandante do Homicídio, EDIVAN CONSTANTINO, já respondeu pela prática de Homicídio em Juazeiro e tinha sido visto dias antes do crime cometido, armado com arma de fogo, buscando a filha EDVÂNIA no local de trabalho desta.

Concluídas as diligências, foi representada pela PRISÃO CAUTELAR pelo Titular da Delegacia de Homicídios de todos que concorreram para a prática delituosa ora considerada, tendo sido dado cumprimento aos MANDADOS DE PRISÃO contra EDIVAN CONSTANTINO DE MORAIS, um dos mandantes do crime e RAILTON LIMA DA SILVA, um dos executores do crime, os quais foram submetidos a exame de lesões corporais e serão submetidos à Audiência de Custódia.

Delegacia de Homicídios de Juazeiro"

Boletim Delegacia de Homicídios - Juazeiro-Ba


Blog Geraldo José

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



    Comentário do Google+
    Cometários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário