BASE COMUNITARIA / BA - BCS do Calabar leva 45 estudantes para exposição de grafitagem

A Base Comunitária de Segurança (BCS) do Calabar proporcionou, nesta terça-feira (5), um passeio especial para 45 estudantes da comunidade, com idades entre 7 e 12 anos. O grupo visitou a exposição do artista plástico Speto, um dos principais nomes do grafite no Brasil, na Galeria do Mirante, na Avenida Carlos Games. A iniciativa faz parte do Programa Esporte e Lazer da Cidade (Pelc), que o Governo do Estado realiza com o objetivo de impulsionar a pratica de atividades físicas e culturais em 78 municípios da Bahia.


Esta foi a primeira vez que a pequena Ellen Ramos, 10 anos, esteve em uma exposição. “Eu adorei o passeio. Foi uma tarde diferente e bem legal. Foi muito bom também porque eu nunca tinha visto uma exposição como essa. É legal porque a gente aprende que grafite é uma forma de arte, como a pintura. Eu sempre ouvi as pessoas falando coisas preconceituosas e negativas sobre o grafite, dizendo que não é valido como arte. Ver uma mostra como essa é muito bom para aprender que não é bem assim", afirmou. 


ssp
Paula Fróes/GOVBA


A BCS do Calabar foi a primeira unidade do tipo na Bahia e atualmente desenvolve 13 projetos sociais na região. “Nosso objetivo foi proporcionar um dia especial com lazer e cultura para essas crianças, o que faz parte do plano de atividades que oferecemos para a comunidade, como judô, boxe e capoeira, aulas de música e teatro, de inglês e curso de mecânica para mulheres. É uma maneira de garantir que elas não vão ficar na rua e que as famílias possam enxergar a Polícia Militar como amiga da comunidade”, disse a comandante da BCS do Calabar, capitã Aline Muniz. 


Atividades


O Pelc é uma política pública que busca impulsionar a prática de atividades físicas, culturais e de lazer em 78 municípios, de 25 Territórios de Identidade do Estado. O programa foi implantado na Bahia em 2017, por meio de convênio firmado entre a Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb) e o Ministério do Esporte. Com um investimento total de R$ 18,2 milhões, 100 núcleos do Pelc estão em funcionamento, contemplando 40 mil baianos.


“A gente atua em parceria com a Sudesb para facilitar o acesso das crianças da comunidade a uma diversidade de atividades esportivas e de lazer, sempre no turno oposto ao da escola que frequentam. São ferramentas que estimulam a convivência social e auxiliam na prevenção da violência, na medida em que estreitam os laços comunitários e contribuem na formação da cidadania”, explicou a coordenadora do Pelc na BCS do Calabar, Amanda Vasconcelos. 



Fonte: Secom ssp

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO POLICIAL

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



    Comentário do Google+
    Cometários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário