POLICIA EM AÇÃO / BA - Em operação combate o fortalecimento de facções.



Responsáveis por 90% das mortes ocorridas no município de Entre Rios este ano, duas organizações criminosas que atuam no tráfico de drogas foram algo da Operação Bela Vista, realizada pelas polícias Civil e Militar e deflagrada na manhã de hoje (7). Até o final da manhã, seis mandados de prisão e 21 de busca e apreensão foram cumpridos no município, que fica localizado a 140 quilômetros de Salvador.

Cem policiais civis e 25 militares participaram da ação, que segue nesta tarde. De acordo com coordenador da 2º Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Alagoinhas), delegado Jean Silva Souza, o enfraquecimento das quadrilhas resultará na redução dos índices de Crimes Violentos Letais Intencionais na região.

“As causas das mortes ocorridas, em sua maioria, estão vinculadas a briga pelo domínio do tráfico entre dois grupos divergentes”, afirmou, reforçando a importância de operações com foco na desestruturação de ambas as quadrilhas, pois, segundo ele, desta forma, é evitado o fortalecimento de um dos grupos.

Até o final da manhã foram presos Eliomar Factum dos Santos, mais conhecido como Sereia, Evanildo dos Santos da Silva, o Neo, Stefferson Ramos Almeida, Edilton Oliveira Conceição, de apelido Lola, Emerson Conceição Batista e Edalmo Conceição dos Santos, o Inho. Também foram apreendidas quantidades de maconha, cocaína e crack.

Policiais da 1ª (Feira de Santana), 3ª (Santo Amaro) e 15ª Coorpin (Serrinha), da Companhias Independentes de Policiamento Especializado Litoral Norte, da Coordenação de Operações Especiais (COE) e da 56ª Companhia Independente da PM (Entre Rios) participam da operação.

Fonte: Ascom: SSP BA

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.