POLICIA EM AÇÃO / BA - Ex-prefeito e metade dos vereadores de Remanso são presos durante ação do MP

Políticos, servidores e um empresário do município de Remanso, a 760 km de Salvador, foram presos durante uma operação do Ministério Público (MP-BA). Realizada nesta terça-feira (21/11), a ação buscava combater crimes praticados contra a administração pública, a partir de licitações e contratos feitos em 2013 e 2016
De acordo com o MP, foram presos o ex-prefeito do município, Celso Silva e Souza; o seu irmão e ex-secretário de Administração e Finanças, Arismar Silva e Souza; seis vereadores, incluindo o presidente da Câmara, Cândido Francelino de Almeida; além de ex-vereadores, servidores públicos e um empresário.
As investigações apontam que os integrantes do grupo desviaram cerca de R$ 13 milhões por intermédio da empresa JMC Construtora, Comércio e Serviços, que tem como sócio-administrador o empresário José Mário da Conceição, conhecido como “Mazinho”, também alvo de prisão preventiva.
Além disso, segundo os promotores de Justiça, o dinheiro público foi utilizado para custear gastos particulares, dívidas de campanha e compra de apoio político. Eles registram ainda que muitos dos veículos sublocados pela JMC estavam em nome de “laranjas” e beneficiavam vereadores e outros políticos.
Documentos, celulares, computadores e veículos de luxo foram apreendidos durante a operação, batizada de “Carro Fantasma”. Remanso possui 13 vereadores. Isso quer dizer que, com a ação deflagrada nesta terça, praticamente 50% dos parlamentares estão atrás das grades.
Por Aratu online

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.