POLICIA EM AÇÃO / BA - Suspeitos Por Morte De Policial Na Liberdade Em Salvador, Confessaram Cerca De 30 Roubos A Carros Neste Ano

Uma quadrilha especializada em praticar assaltos em Salvador foi a responsável pela morte do investigador da polícia Luiz Santos de Jesus, no bairro da Liberdade, no dia 14 de junho. A informação foi divulgada pelo delegado Odair Carneiro, integrante da Força-Tarefa que investiga crimes contra policiais.

Lucas Oliveira, de 22 anos, Uelton Santos de Oliveira, 25, e Josué Santos da Silva, 23, foram presos e apresentados na manhã desta quarta-feira (13), no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com o delegado, os suspeitos foram presos em cidades diferentes. "Iniciamos as investigações do caso um dia após o crime e finalizamos há 15 dias atrás. Com isso, conseguimos chegar ao paradeiro deles. O Lucas foi preso na cidade Sátiro Dias, Uelton foi capturado em Camaçari e Josué, no bairro da Liberdade, em Salvador", disse. Além deles, um adolescente de 17 anos foi apreendido. "Conseguimos efetuar a apreensão do adolescente que também teve participação no crime, que foi encaminhado para o DAI [Delegacia do Menor Infrator]", completou.
Lotado na Delegacia de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes (Dreof), o investigador da polícia foi atingido quando entrava no seu veículo, nas proximidades da Ladeira da Esperança. "Ele estava acompanhado da esposa e sobrinhos quando foi abordado pelos assaltantes, que interceptaram seu veículo  e anunciaram o assalto. Eles viram que Luiz estava armado e dispararam contra ele", contou o delegado Luiz Henrique Costa Ferreira, titular da 2ª Delegacia Territorial (DT), da Lapinha
Ainda segundo o delegado Odair Carneiro, Lucas foi o autor dos disparos que matou o policial. "Ele atirou e os demais ajudaram a recolher os pertecens das vítimas, inclusive, a arma do investigador que também foi levada por eles", explicou. "No entanto, conseguimos recupar a arma do policial", acrescentou.
Autores de diversos assaltos na capital baiana, o trio confessou ter roubado cerca de 30 carros apenas neste Ano
"Eles contararam que roubavam os veículos para praticar assaltos à transeuntes em vários bairros de Salvador e na maioria da vezes, em seguida, esses veículos eram abandonados pelos criminosos", afirmou Carneiro.
Além dos suspeitos apresentados, Adriano Luis Rocha Dantas, conhecido como Pé de Ferro",  também é suspeito de envolvimento no latrocínio e está sendo procurado pela polícia.
O trio será indiciado por latrocínio, roubo qualificado e formação de quadrilha.
De acordo com o  Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sindpoc), Luiz, que trabalhava na polícia desde 1988, foi o quinto policial civil assassinado este ano.
Bocão News

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.