quarta-feira, 13 de setembro de 2017

REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

POLICIA EM AÇÃO / BA - Suspeitos Por Morte De Policial Na Liberdade Em Salvador, Confessaram Cerca De 30 Roubos A Carros Neste Ano

Uma quadrilha especializada em praticar assaltos em Salvador foi a responsável pela morte do investigador da polícia Luiz Santos de Jesus, no bairro da Liberdade, no dia 14 de junho. A informação foi divulgada pelo delegado Odair Carneiro, integrante da Força-Tarefa que investiga crimes contra policiais.

Lucas Oliveira, de 22 anos, Uelton Santos de Oliveira, 25, e Josué Santos da Silva, 23, foram presos e apresentados na manhã desta quarta-feira (13), no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com o delegado, os suspeitos foram presos em cidades diferentes. "Iniciamos as investigações do caso um dia após o crime e finalizamos há 15 dias atrás. Com isso, conseguimos chegar ao paradeiro deles. O Lucas foi preso na cidade Sátiro Dias, Uelton foi capturado em Camaçari e Josué, no bairro da Liberdade, em Salvador", disse. Além deles, um adolescente de 17 anos foi apreendido. "Conseguimos efetuar a apreensão do adolescente que também teve participação no crime, que foi encaminhado para o DAI [Delegacia do Menor Infrator]", completou.
Lotado na Delegacia de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes (Dreof), o investigador da polícia foi atingido quando entrava no seu veículo, nas proximidades da Ladeira da Esperança. "Ele estava acompanhado da esposa e sobrinhos quando foi abordado pelos assaltantes, que interceptaram seu veículo  e anunciaram o assalto. Eles viram que Luiz estava armado e dispararam contra ele", contou o delegado Luiz Henrique Costa Ferreira, titular da 2ª Delegacia Territorial (DT), da Lapinha
Ainda segundo o delegado Odair Carneiro, Lucas foi o autor dos disparos que matou o policial. "Ele atirou e os demais ajudaram a recolher os pertecens das vítimas, inclusive, a arma do investigador que também foi levada por eles", explicou. "No entanto, conseguimos recupar a arma do policial", acrescentou.
Autores de diversos assaltos na capital baiana, o trio confessou ter roubado cerca de 30 carros apenas neste Ano
"Eles contararam que roubavam os veículos para praticar assaltos à transeuntes em vários bairros de Salvador e na maioria da vezes, em seguida, esses veículos eram abandonados pelos criminosos", afirmou Carneiro.
Além dos suspeitos apresentados, Adriano Luis Rocha Dantas, conhecido como Pé de Ferro",  também é suspeito de envolvimento no latrocínio e está sendo procurado pela polícia.
O trio será indiciado por latrocínio, roubo qualificado e formação de quadrilha.
De acordo com o  Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sindpoc), Luiz, que trabalhava na polícia desde 1988, foi o quinto policial civil assassinado este ano.
Bocão News

REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

HOSPITAL JUAZEIRO

HOSPITAL JUAZEIRO

CLINICA VALE SAÚDE

INTERNET VIT. DA CONQUISTA

INTERNET SIMÕES FILHO