ALAGOINHAS / BA - Mulher é presa tentando vender imóvel de terceiros.

Policiais da Delegacia Territorial de Alagoinhas, cumpriram, nesta terça-feira (26/9), um mandado de prisão preventiva contra Ane Caroline de Souza Mendes. Segundo a Polícia Civil, ela é acusada de estelionato, após vender imóvel de terceiros, apresentando-se como proprietária ou com um laranja que se passava como dono. 

Ainda de acordo com a polícia, com vários procedimentos instaurados na mesma delegacia, Ane Caroline foi flagrada, quando concluía a venda de uma residência no Conjunto Águas de Viver, no bairro Mangalô, em Alagoinhas. 

Outra mulher, Marina Rocha Silva Neta, também participava do golpe e fazia o papel de proprietária, emprestando o nome. A delegada Amanda Brito, que já investigava os casos envolvendo a mulher, tendo, inclusive, solicitado anteriormente o mandado de prisão, autuou também Ane Caroline em flagrante por venda fraudulenta de imóvel. 

Marina Neta também foi autuada pelo mesmo crime e a delegada plantonista vai solicitar à Justiça que o flagrante seja convertido para prisão preventiva. As duas mulheres estão custodiadas no Complexo Policial de Alagoinhas, à disposição da Justiça.

 Alta Pressão Online 

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.