POLICIA PADRÃO / BA - BCS/Narandiba inicia policiamento baseado em sistema japonês

 Policias militares da Base Comunitária de Segurança de Narandiba iniciaram, neste mês de agosto, visitas às residências, estabelecimentos comerciais e órgãos públicos dos quatro bairros (Narandiba, Saboeiro, Dorón e Cabula VI) que integram a área atendida pela unidade. Baseado no método japonês de policiamento comunitário 'Koban', o trabalho objetiva mapear as localidades desses bairros, cadastrando moradores e reforçando a relação da polícia com a comunidade.

De acordo com o comandante da BCS, capitão PM Alã Carlos Santos, cada bairro foi dividido em dois, sendo um policial designado como responsável por cada uma dessas partes. “Ele será um 'minichefe' de polícia da região e passa a interagir diretamente com esses moradores, iniciando uma relação de confiança a ser construída”, explicou.
Além das rondas visitas, o efetivo da unidade começou também a promover reuniões, juntamente com outros órgãos públicos, para discutir problemas da comunidade. O atendimento a ocorrências e o patrulhamento (principalmente em locais onde as viaturas não têm acesso) também fazem parte da rotina dos policias da base.

Segundo Robério Nobre, morador de Narandiba, estas visitas representam um benefício para a sociedade. “Elas passam mais segurança e criam uma maior ligação com a comunidade”, disse, agradecendo a interação com os policias.

A recepção dos moradores foi excelente. Muitos, inclusive, se surpreenderam, por não esperarem receber a polícia na porta de casa, com a finalidade de fortalecer esta integração que beneficia a todos”, afirmou capitão Alã, lembrando que, logo no início do trabalho, a gestora de um serviço público da região relatou assaltos sofridos por funcionários na hora de saída do expediente. “Aí, prontamente reforçamos o policiamento no local para inibir os delitos”, ressaltou.

Com a experiência de quem já comandou duas outras bases em Salvador (Calabar e Fazenda Coutos), observou que cada área atendida por uma BCS tem as suas peculiaridades e que o importante é construir uma relação próxima e de confiança com as pessoas. “O Calabar é uma comunidade mais praieira, Fazenda Coutos se parece muito com uma cidade do interior, enquanto Narandiba já é um local bem urbano, com muitos órgãos públicos e avenidas de grande movimento. É um novo desafio na minha carreira”, revelou.

A Base Comunitária de Narandiba está situada na rua 25 de maio, atrás do Hospital Roberto Santos e atende pelos telefones (71) 3116-9073 e 99982-0528 e também através do e-mail cipm23.bcs@pm.ba.gov.br, da fanpage bcsnarandiba e do instagram @bcsnarandiba.

ASCOM SSP BA

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.