sábado, 12 de agosto de 2017

REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

CAMAÇARI / BA - Polícia desarticula quadrilha e prende 16 pessoas


Depois de sete meses de investigações, o Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) desarticulou a quadrilha do traficante Bruno Teixeira da Silva, o “Bruno Cabeça”, preso, na manhã desta sexta-feira (11), em Fortaleza. 

O grupo criminoso agia em Camaçari e região, sendo responsável pelo tráfico de drogas e por vários homicídios, entre eles o do cabo PM Olímpio, ocorrido em Monte Gordo. Duas companheiras deles também foram presas.


Com o objetivo de cumprir 12 mandados de busca e apreensão e 16 de prisão, a operação, deflagrada na terça (8) e encerrada nesta sexta-feira (11), resultou na prisão, nos últimos quatro dias, de outros13 integrantes do bando de “Bruno Cabeça”. O principal fornecedor de drogas da quadrilha, o traficante Bruno Oliveira Alves, já havia sido preso, no dia 13 de julho, com quatro toneladas de maconha pela Força-Tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e Polícia Federal.


Foi a partir das investigações da delegada Aymara Bandeira Vacanni, titular da 33ª Delegacia Territorial (DT), de Monte Gordo, e sua equipe, sobre a atuação da quadrilha de “Bruno Cabeça”, que a operação foi planejada. Uma série de crimes com a participação de comparsas de Bruno foi fornecendo elementos para a sua desarticulação.


Além da 33ª DT, deram apoio à operação as equipes da Depom, da Coordenação de Operações Especiais (COE/PC), da 26ª DT/Abrantes, da DT/Conde, da Superintendência de Inteligência (SI/SSP) e das 1ª e 59ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPMs). A Polícia Civil do Estado do Ceará deu todo apoio à PC Bahia na prisão de “Bruno Cabeça”, em Fortaleza.


Os presos são: Joadson Brandão de Araújo,o “Jojó” ou “Babaca”, Nilton Alves Ferreira, o “Ninho”, Danilo Dias Silva, o “Danilo Bagaça” (homicida), Nathan Luiz da Silva, o “Natan”, Jardel de Souza dos Santos, Helderval dos Santos Almeida, o “Conde” ou “Galego” (homicida), Allen Anderson Araújo dos Santos, o “Andinho” (homicida), Lucas Macêdo Sousa, o “Bidega” (homicida), Flávio Bispo dos Santos, o “Teta”, Jerusa Souza Panta, Maísa de Jesus Santos e as companheiras de “Bruno Cabeça”, em Fortaleza: Jamile Santos de Almeida e Daniele Santos Pires.

POLICIA CIVIL

REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

HOSPITAL JUAZEIRO

HOSPITAL JUAZEIRO

CLINICA VALE SAÚDE

INTERNET VIT. DA CONQUISTA

INTERNET SIMÕES FILHO