NOTICIAS / BA - Coronel Anselmo Brandão é acusado de se omitir sobre denúncias de uso indevido de viaturas por policiais

O Ministério Público (MP) da Bahia abriu investigação criminal contra o comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão, acusado de se omitir em relação às denúncias sobre suposto uso indevido de viaturas por oficiais da polícia, apresentadas pelo deputado estadual Soldado Prisco (PSDB). O caso está nas mãos da promotora Isabel Adelaide Moura, do Grupo de Atuação Especial para Controle Externo da Atividade Policial (Gacep).
Em sua manifestação, a promotora do MP classificou o uso de veículos do Estado como meio de transporte por oficiais como “ato comum” na PM baiana , “feito para “atender interesses particulares”. O que, disse Isabel Adelaide, caracteriza improbidade administrativa, assim como a omissão do comando.
As informações foram publicadas na coluna Satélite desta sexta (16)

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



    Comentário do Google+
    Cometários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário