POLICIA EM AÇÃO - Polícia divulga retrato falado de homem que roubou R$ 150 mil em saidinha no Itaigara


A Polícia Civil divulgou na manhã desta quarta-feira (8), o retrato falado do homem que atacou o empresário Luiz Antônio Silva Góes, de 50 anos, vítima de saidinha bancária na manhã desta terça-feira (8) nas imediações do Max Center, no bairro do Itaigara, em Salvador. Ele foi baleado na perna e perdeu a quantia de R$ 150 mil sacada.

A imagem, elaborada pela Coordenação de Topografia, Modelagem e Desenho, do Departamento de Polícia Técnica (DPT), traz informações fornecidas pela vítima, que está internada no Hospital Português. Segundo o relato, o suspeito é um homem alto, moreno, usava óculos escuros, com cabelos e barba rentes à pele. Ainda de acordo com a vítima, o assaltante estava armado com um revólver, possivelmente, calibre 38, mas só a perícia poderá confirmar.
A delegada Maria Selma Lima, titular da 16ª Delegacia Territorial (DT/Pituba), acompanhou a confecção do retrato e aproveitou para obter mais informações com a vítima e sua esposa, que presenciou tudo. Luiz Antônio explicou que o dinheiro seria para pagamentos a prestadores de serviço, os quais seriam feitos pelo seu sócio na produtora.
O crimeLuiz Antônio contou que a abordagem do ladrão foi rápida. Ele saiu do banco e, ao chegar ao veículo, estacionado na rua, foi logo surpreendido. O ladrão se aproximou da janela com a arma na mão e pediu a mochila, que estava com dinheiro. Como houve demora para entregar, o ladrão entrou pela janela e pegou. A vítima reagiu e puxou a bolsa. Foi quando houve o disparo e o assaltante fugiu.
Apesar da vítima ter apontado apenas um suspeito, Luiz Antônio a delegada Maria Selma analisa as imagens do local e, segundo ela, já foi possível identificar que uma segunda pessoa estava aguardando, à distância, em uma moto e deu fuga ao comparsa.
As poucas pessoas que sabiam do saque do dinheiro, como funcionários do banco, o sócio serão ouvidos. Luiz Antônio também será interrogando novamente assim que tiver alta médica.
A polícia pede que informação sobre o paradeiro do assaltante seja encaminha pelo Disque Denúncia, por meio do telefone (71) 3235-0000, ou para a 16ª DT, nos telefones 3116-3114 e 3116-3118.
Correio24hrs

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.