POLICIA EM AÇÃO - Polícia Civil pede prisão de acusado de matar compositor e cantor Felipe Yves


O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já solicitou à Justiça a prisão preventiva do traficante Ueslei Silva Sarinho, de 22 anos, acusado de envolvimento na morte do compositor Felipe Yves Magalhães Gomes, 21, ocorrida na tarde de ontem (6), em Boca da Mata. O departamento está distribuindo uma foto do acusado.

Felipe Yves é autor de hits como 'Bota o bumbum dela no paredão', cantada por Léo Santana, e "Depois de nós é nós de novo", de Igor Kannário.

De acordo com o delegado Guilherme Machado, coordenador da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central), que está à frente das investigações, a vítima teria ido à localidade da Independência, naquele bairro, visitar uma amiga, quando foi abordado pelos traficantes. Ele disse que era primo de um morador, identificado pelos criminosos como rival, o que motivou o crime.

O corpo de Felipe foi encontrado num matagal, com o pescoço semi degolado e uma lesão no braço esquerdo, provocada por arma de fogo. “Ueslei era alvo nosso, já vinha sendo investigado pelo DHPP e tinha mandado de prisão em aberto”, ressaltou o delegado.  Equipes do DHPP continuam em diligências para localizar e prender o traficante, além de identificar outros envolvidos na morte de Felipe.

Quem tiver informações sobre ele, que possam auxiliar nas investigações, poderá encaminhá-las pelo Disque Denúncia, no telefone (071) 3235-0000. Sigilo garantido.
Acorda Cidade

Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.