ALAGOAS - Delegado da Polícia Federal é assassinado a facadas pelo neto


O delegado aposentado da Polícia Federal Milton Omena Farias foi morto a facadas, no começo da tarde desta sexta-feira (27), pelo próprio neto, de 23 anos, em um condomínio situado na cidade de Paripueira, no Litoral Norte de Alagoas. O imóvel é o mesmo onde a filha do delegado, Márcia Rodrigues, foi encontrada morta em agosto do ano passado. A polícia investigava se o caso se tratava de homicídio ou suicídio. 
Milton Omena Farias Neto - ele tem o mesmo nome do avô - foi preso em flagrante ainda dentro da casa, logo após o crime. Ele teria confessado o homicídio. 

De acordo com o major Paulo Eugênio, o jovem foi até a casa do delegado e, após uma discussão, eles entraram em vias de fato. Segundo a polícia, a vítima foi morta a facadas. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas, mas encontraram o A morte do delegado acontece poucas horas depois de a comissão de delegados da Polícia Civil ter convocado a imprensa para esclarecer as circunstâncias que resultaram na morte da jornalista Márcia Rodrigues, encontrada morta no dia 14 de agosto de 2016. A arma do pai dela foi encontrada ao lado do corpo. O resultado do inquérito só deve ser divulgado na próxima terça-feira (31).
"Ao que parece, ele tomou as dores pela morte da mãe e veio até aqui tirar satisfação. Esta é a situação inicial", apontou o oficial. O caso da jornalista Márcia Rodrigues é cercado de mistério e o nome do pai nunca chegou a ser considerado oficialmente como suspeito. 

SEGUE NOTA DE PESAR DA ASSOMAL
Em um dia de grande perda para segurança pública alagoana, nesta sexta-feira (27), a diretoria da Associação dos Oficiais Militares de Alagoas (ASSOMAL), através do presidente TC PM J. Cláudio, vem a público externar a sua consternação pelo falecimento do delegado Milton Omena Farias. A ASSOMAL lamenta a perda deste nobre agente da segurança pública que dedicou vários anos de suas vidas combatendo a criminalidade e protegendo a sociedade. Por fim, a ASSOMAL presta condolências aos familiares e amigos enlutados pela irreparável perda, pedindo a Deus que o conforte e proporcione forças neste momento.
Gazeta web




Escrito por REDE DE COMUNICAÇÃO DO POLICIAL

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.